Pfizer Baby: vacina contra Covid-19 é liberada para crianças entre 6 meses e 4 anos

04/01/2023 Saúde | Vacinas Saúde Livre Vacinas

A coordenação do Programa Nacional de Imunizações (PNI), do Ministério da Saúde, aprovou a liberação da vacina contra Covid-19 para crianças entre 6 meses e 4 anos. Até então, o imunizante estava disponível apenas para as idades de 6 meses a 2 anos e 11 meses que tivessem alguma comorbidade.

Pfizer Baby é como ficou conhecida a versão da vacina cujo nome oficial é Comirnaty, criada pela farmacêutica Pfizer-BioNTech. Ela contém uma dose diferente e adequada especificamente para essa faixa etária.

De acordo com a fabricante, a autorização de uso se apoia no “estudo multicêntrico, realizado em 5 países, e desenvolvido especificamente para o grupo etário pediátrico”. O grupo que participou da pesquisa demonstrou “robusta resposta imune”, com eficácia apontada em 80,3%.

A embalagem da formulação indicada para as crianças menores de 4 anos tem tampa de cor vinho, visando facilitar a distinção. Enquanto isso, o frasco para 5 a 12 anos é laranja, e para maiores de 12 anos, é roxo.

A recomendação do Ministério da Saúde para os municípios brasileiros é escalonar a distribuição, priorizando os indivíduos com comorbidades na primeira fase, e que assim “a vacinação vá avançando à medida que houver disponibilização de vacinas”, segundo diz o documento do PNI.

Além disso, as crianças de 3 e 4 anos de idade que já receberam a primeira dose de Coronavac devem completar o esquema vacinal com a mesma marca.

Também houve mudança no esquema vacinal; a partir de agora, as duas primeiras doses devem ser aplicadas com um intervalo de quatro semanas. Já a aplicação da terceira dose deve ocorrer oito semanas após a segunda.

Onde encontrar

A vacina contra Covid-19 está disponível em postos do Sistema Único de Saúde (SUS) e em algumas clínicas privadas. Clique aqui para conferir se o seu filho está protegido com o calendário vacinal completo.

Posts relacionados

É ‘só’ uma gripe? Conheça os verdadeiros riscos da influenza

A influenza atinge cerca de 1 bilhão de pessoas no mundo todos os anos, com 5 milhões de casos graves e até 650 mil […]

Saúde Livre Vacinas, 23 de maio de 2024
Vítimas e socorristas do Rio Grande do Sul recebem orientações.

Rio Grande do Sul: as vacinas recomendadas para vítimas e socorristas

A Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), a Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI) e a Sociedade Gaúcha de Infectologia (SGI) divulgaram nesta semana uma nota […]

Saúde Livre Vacinas, 17 de maio de 2024

Chuvas: como cuidar da saúde em situações de emergência?

Fortes chuvas têm afetado o Rio Grande do Sul nas últimas semanas, provocando enxurradas, enchentes, inundações, deslizamentos e desmoronamentos. Segundo a Defesa Civil do […]

Saúde Livre Vacinas, 09 de maio de 2024